[VITOR ALLI RESPONDE #1] O QUE VAO PENSAR DE MIM?!

[VITOR ALLI RESPONDE #1] O QUE VAO PENSAR DE MIM?!
17 de agosto de 2014 Vitor Alli

Hoje a gente começa um novo webshow!

É o Vitor Alli Responde, que eu vou dedicar especialmente às perguntas que recebo via Comentários, Facebook, Twitter, Email e Youtube.

Hoje a mensagem é da Karina, um email bastante inspirador.

Nao vou expor a Karina, mas tenho acompanhado mais de perto e ela inclusive já saiu da paralisaçao que o medo da câmera causa e já está fazendo vídeos – que eu, inclusive, considero muito bons.

A dificuldade que ela tem é a mesma que a da maioria das pessoas que eu treinei e também de boa parte da nossa lista VIP do Falar pra Câmera.

Quer ver se é a sua também? Entao clique no vídeo acima e assista ao primeiro Vitor Alli Responde.

Gostou? Quer mandar sua pergunta? Entao fique à vontade para deixar um comentário abaixo.

Teremos uma pergunta respondida por programa. Se preferir, nao precisa ser um pergunta, pode ser um desabafo, um compartilhamento de emoçoes etc. Fique realmente à vontade.

A gente se vê no próximo post. Até lá.

Shares

Cadastre-se e acesse os conteúdos VIP's

  • Leandro Paulo

    Vitor, excelente vídeo. Realmente, a nossa autocrítica pode nos impedir de gravar os nossos vídeos. Gravei meu 1º vídeo. Estou no processo de adaptação rs.

    • Obrigado, Leandro! Manda pra gente dar uma olhada! Parabéns por dar o primeiro passo! Sucesso e abs!

    • Leandro, dei uma olhada nos vídeos e você tem um bom caminho pela frente. Tomaria cuidado com as palavras que nao fazem parte do nosso vocabulário de fala, ou seja – palavras que nunca conversa raramente falamos, apesar de serem conhecidas. Exemplos: “afinal”, “apesar”.

      Outra coisa para tomar cuidado é com o estalar de língua e a respiraçao em alto volume antes das frases. Espero ter ajudado. Um abraço e continue ligado! Abs!

  • Rafael Mello

    Muito bom Vitor! Você tem me ajudado muito em meu projeto! sempre com dicas muito relevantes! parabéns!
    Quero aproveitar e fazer uma pergunta.
    Existem gestos, expressões corporais que geram mais confiabilidade na minha persona?
    Como faço pra ter mais coerência entre minha fala e a expressão corporal?
    Grato pelo apoio!
    Sucesso!

    • Rafael, muito obrigado!

      Sobre a sua pergunta, é preciso entender que nao existe um dicionário de gestos, ou seja, nao dá para a gente mapear os gestos de forma a dizer este passa credibilidade, esse passa medo, esse passa felicidade. Isso nao existe.

      No jornalismo, a credibilidade é passada por uma falsa sensaçao de isençao, ou seja, o jornalista tem que fingir que nao interfere na notícia, isso significa que eles agem de acordo com um padrao: cotovelos colados, antebraços levantados e maos uma na frente da outra.

      Numa avaliaçao mais automática, esse gestual funciona por ser padrao. MAS…

      Esse padrao pode ser chato, esquisito se nao estiver em consonância com a sua persona, ou seja, se nao dialogar com o seu jeito de falar, com o seu conteúdo, com o seu estilo, seu cenário.

      Minha dica é: tente cavar um pouco mais fundo e entender por que você quer mais confiabilidade? O quê dentro da sua performance nao está funcionando? De onde vem essa sua inseguranca?

      Gostei muito do seu recado. Está na fila para entrar no Vitor Alli Responde!

      Um abraco!

  • erikayangg

    Muito amor! acabo de conhecer e adorei o blog!

    • Obrigado, Erika! 😀 Fico muito feliz!

  • Marcos Amaro

    Olá Vitor, estou montando o meu canal, e gravei um vídeo recentemente, porém encontrei um outro problema, na frente da câmera, as palavras somem da minha cabeça e eu acabo esquecendo do que eu ia falar, e quando falo (cortado, pq a maioria das vezes eu estou falando “ãããããn”) sai como se eu estivesse inseguro do que estou tentando passar pras pessoas. Os meus vídeos vão mostrar técnicas das massagens. Gratidão e gostei muito dos vídeos do YouTube.

    • Marcos, se você ler o Zumbis do Vídeo vai ver que este é um erro bastante comum. Preparar-se para um vídeo é como se preparar para uma apresentação. Claro que a edição pode te ajudar – e você deve buscar isso, mas nada vai ajudar se o seu assunto não estiver na ponta da língua. Procura escrever um roteiro antes de gravar, separar em tópicos… saiba o que vai falar antes de apertar o REC. Eu que agradeço e continue acompanhando 😀

Pin It on Pinterest

APRENDA A INVESTIR NOS EQUIPAMENTOS CERTOS COM ESSE CURSO GRATUITO

x