5 passos para Falar pra Câmera

5 passos para Falar pra Câmera
13 de janeiro de 2017 Vitor Alli

5passos

 

Este artigo é um complemento do vídeo acima.

Por isso, eu recomendo fortemente que, para o seu melhor aproveitamento, você assista ao vídeo primeiro, se inscreva no canal e continue a leitura aqui comigo.

Neste artigo eu quero ir um pouco além e te apresentar os 5 PASSOS para Começar a Falar pra Câmera de uma vez por todas.

PASSO #1 – Tenha um Objetivo

Objetivo

Saiba o porquê de Falar pra Câmera. Quando a gente tem motivos para fazer o que a gente faz, desistir não vem a ser uma opção.
Empreendedores chamariam de Missão. Outros de Propósito. Entenda o objetivo como o seu PORQUÊ.

Porque quero incentivar pessoas a…
Porque quero alertar as pessoas sobre…
Porque quero que as pessoas saibam sobre…
Porque quero fazer as pessoas… rirem, pensarem, se emocionarem etc. com…

Defina este objetivo e cada novo vídeo feito vai te deixar mais próximo de alcançá-lo.

Cadastre-se e acesse os conteúdos VIP's

PASSO #2 – Scaneie os seus Medos

Conheça seus Medos

A primera coisa que fazemos no Método Falar pra Câmera é entender o que está por trás dos seus medos. Há uma série de crenças limitantes e falsos pensamentos que nos impedem de acessar as ferramentas que mais nos ajudam na frente das câmeras.

Acontece que a maior parte das pessoas ignoram esses medos e alimentam estas crenças ao invés de encará-los de frente. Pense que o primeiro passo é só reconhecer estes medos.

Ao invés de ignorar seu desejo de fazer vídeos dizendo coisas como:

Sou muito feio!
Minha voz é horrível.
Não sirvo pra fazer vídeo…

Comece a ser mais incisivo consigo mesmo. Medo tem medo de clareza.

O que me faz muito feio?
Do que não gosto na minha voz?
O que eu gostaria de ter nos meus vídeos, mas que não tenho agora?

Identificar os medos vai te dar substrato para atacá-los daqui pra frente.

PASSO #3 – Limpe suas crenças

Limpe suas Crenças

Além dos medos há também as crenças limitantes, que nada mais são do que elementos de procrastinação.
Deparar-se com novas e desafiantes tarefas, pode trazer esta sensação. A famosa necessidade de se manter na zona de conforto.

A gente já falou das 3 maiores crenças limitantes neste artigo sobre os Mitos do Audiovisual.

Mas há outras! Se quiser se desfazer delas, eu recomendo as seguintes leituras aqui no site:

1. Por que odiamos nossas vozes gravadas?
2. Equipamento

PASSO #4 – Obtenha o Controle

Obtenha o Controle

As crenças limitantes são o motivo número #1 para a gente não conseguir acessar o que realmente importa na hora de fazer vídeos. Isso porque os medos são questões pessoais. Da gente para com a gente mesmo.

É mais fácil tomar responsabilidade. Mas as crenças limitantes se colocam como verdades independentes da gente. Ao desfazê-las, a gente acessa novas verdades que são importantíssimas para o processo:

1. Tudo no vídeo é construído
2. Você já tem tudo que precisa

Não tenha medo de manipular sua imagem para passar sua mensagem. Desde que você seja ético e não minta para o seu público, acredite que as ferramentas audiovisuais estão aí para serem usadas.

Se você nunca fez video, você precisa começar. Não espere as condições ideais porque pode ser que elas demorem pra chegar. E quanto mais você faz hoje com o que você tem, mais preparado você vai estar quando puder ter melhores equipamentos e condições de gravação.

Assuma o controle da sua comunicação já. Obtenha clareza e entenda como transmitir suas mensagens de forma cativante para o seu público.

PASSO #5 – Assuma uma Persona

Persona

Esqueça isso de “seja você mesmo”! É impossível a gente ser a gente mesmo na frente das câmeras. Lembra? Há sempre uma construção. Além disso, não tem como a gente ser outra pessoa. A gente é a gente mesmo sempre, mesmo tentando imitar outra pessoa.

E, por outro lado, nós nos apresentamos de formas tão diferentes ao longo do nosso dia.

Quem é você na fila do pão?
Quem é você num casamento? Num velório?
Como você age quando está feliz? Triste? Animado? Ansioso?

Isso não quer dizer que você vai assumir um personagem. Quer dizer apenas que você vai traduzir a sua personalidade para a tela.

Você pode usar suas características para conseguir balancear energia, paixão e personalidade na frente das câmeras.

 

Pronto. Esses são os 5 passos para você enfrentar as câmeras e se sentir cada vez mais próximo da maneira com a qual você gostaria de se comunicar.

Coincidentemente, este também é o caminho que a gente percorre durante todo o Curso Falar pra Câmera. Estudamos profundamente cada um destes tópicos e entregamos ferramentas práticas para que você tome as rédeas da sua comunicação.

Para receber aulas gratuitas e participar do nosso workshop online gratuito e anual, cadastre o seu e-mail aqui no site.

Agora é a sua vez. Deixe nos comentários em qual dos passos você tem mais dificuldade e o que você mais gostou de ler neste artigo.

Estou ansioso para saber o que achou.

 

 

PS:  No vídeo acima, a gente fala sobre os 5 segredos para Falar Diante das Câmeras. A gente aborda os seguintes pontos:

1. Esquecer o Mito do Carisma
2. Esquecer o Mito da Transparência
3. Esquecer o Mito da Feiúra
4. Conhecer as suas Armas
5. Não Culpar a Timidez

Esses são os 5 grandes segredos para continuar evoluindo na frente das câmeras. Cada um desses pontos têm camadas bastante profundas que a gente vai descobrindo dentro
do Curso Falar pra Câmera.

Para saber mais sobre cada um desses pontos, eu recomendo que você leia também os seguintes artigos:

1. O Método FPC e os Elementos da Boa Performance 
2. Os Mitos do Audiovisual 
3. Como Acabar com a Timidez

Gostaria de ver seu comentário abaixo:

Shares

Pin It on Pinterest

APRENDA A INVESTIR NOS EQUIPAMENTOS CERTOS COM ESSE CURSO GRATUITO

x